Aplicação da lei anti-homofobia no DF só será analisada após recesso do STF, decide Cármen Lúcia

Para presidente do Supremo, assunto não é considerado de urgência e deve ser pautado após recesso do Judiciário. Governo do DF tenta reverter na Justiça decisão de deputados que derrubou regulamentação de Rollemberg.

Source: Globo (Gerais)